MEI: 5 dicas muito valiosas para conquistar e fidelizar clientes

Fazer um MEI ser produtivo e crescer não é uma tarefa fácil, independente do seu segmento, pois exige tempo, uma boa gestão e um relacionamento duradouro com os clientes.   Em meio a tantas outras opções disponíveis no mercado, criar nos clientes a percepção de valor correta do seu negócio não é mais que necessário, e pode transformá-lo em referência.   Isso significa que agir de forma estratégica pode fazer com que os clientes lembrem do seu negócio em momentos de necessidade, mesmo conhecendo seu concorrentes.   Então, se você quer que seu empreendimento esteja sempre presente na mente das pessoas, confira essas 5 dicas extremamente valiosas que ajudarão seu negócio a ser lembrado:  

1 – Faça SEMPRE mais

  Oferecer um atendimento de qualidade é primário, mas entregar mais do que as pessoas esperam com certeza pode garantir ao seu negócio uma parcela de participação muito grande na memória das pessoas. Portanto, independente do segmento da sua empresa, é interessante pensar em promoções, campanhas ou brindes que ajudem a fidelizar o seu cliente. Coisas pequenas podem fazer grande diferença na experiência de compra de cada consumidor.   Mas claro, é necessário planejar tudo antes para que as finanças do seu negócio não sejam afetadas.  

2 – Comunicação: seu negócio precisa ser visto

  Antes de ser lembrado, seu negócio precisa ser visto.   Tanto o meio offline (outdoors, placas, panfletos e etc) quanto o meio digital são ferramentas extremamente poderosas para fazer seu negócio ser conhecido, e muitas vezes são o primeiro ponto de contato das pessoas com ele.   Mas simplesmente ter um perfil ativo nas redes sociais ou colar cartazes pela cidade não é suficiente: é necessário pensar como seu público-alvo pensa, para estruturar mensagens que façam sentido e sejam atrativas, a ponto de criar nas pessoas o desejo pelo seu produto ou serviço.   Foque em avaliar quais são as necessidades dos seus possíveis clientes, saiba quais delas seus serviços podem satisfazer e planeje uma mensagem que além de comunicar o nome do seu negócio, mostre que ele também pode ajudar na solução dos seus problemas.   Portanto, INVISTA em comunicação, seja ela simples e orgânica ou até mesmo paga (anúncios), use provas sociais como depoimentos de pessoas que já conhecem seus serviços ou produtos e mostre que o que seu negócio oferece é realmente efetivo.  

3 – Feedbacks: Ouça o que o cliente tem a dizer

  Não há ninguém melhor que o próprio consumidor para dizer o que pode ser melhorado para melhor atendê-lo.   E muitas empresas – de micro às grande porte – pecam nisso, pois constroem diversas estratégias que no fim não são efetivas, já que não atenderam às necessidades de quem deveria ser prioridade: o cliente.   Questionários e enquetes são formas muito simples de colocar isso em prática e podem acontecer tanto presencialmente quanto pelo meio digital.   Entendendo quais pontos podem ser melhorados você pode usar isso a favor do seu negócio, para se destacar fazendo o que os concorrentes têm deixado de fazer. Isso com certeza dará ao cliente a sensação de que seus serviços e produtos têm mais valor agregado.  

4 – Parcerias: unir negócios pode ser muito útil

  Ganhar reforços em meio à constante competição do mercado pode ser MUITO útil para alavancar seu negócio e criar ferramentas que podem ser usadas a seu favor.   É muito comum que empresas – principalmente MEI’s – se unam, a fim de aumentar sua rede de contatos, realizar compras conjuntas, trocar serviços em forma de permutas e até mesmo indicar e ganhar indicações de clientes.   Supondo que você firme uma parceria com um empreendedor de autoridade, que atue em um ramo que tenha ligação direta com o seu, e ele indique seus serviços aos clientes dele. Sua empresa ganha mais visibilidade, mais clientes e mais possibilidades de gerar mais receita. Da mesma forma, você também indica os serviços dele e seus clientes recorrem a ele futuramente.    Como é possível perceber, esse é um tipo de ação ganha-ganha, pois ambos os negócios são beneficiados.  

5 – Pós-venda: momento chave para fidelizar

  Muitos empreendedores perdem a chance de reter clientes porque ignoram o processo de pós-vendas. Surpreender o cliente após adquirir seu serviço ou produto ajuda o seu negócio a ser referência para o consumidor.   Acompanhar o cliente após o momento da compra faz com que ele se sinta seguro e confie em suas soluções. Além disso, futuramente, mesmo em meio a tantas opções, seu negócio é lembrado pela atenção e suporte oferecidos.   A hora do pagamento é sempre crítica. É o momento menos agradável de qualquer compra, por isso merece uma atenção especial. O processo deve ser rápido e eficaz. Com as maquininhas BMG Granito você garante um processo automatizado, rápido e eficaz. Além de reduzir quase à zero a possibilidade de erros, que podem trazer muita dor de cabeça depois.   Conheça essa e várias outras soluções BMG Granito que podem ajudar você, como MEI, a crescer: https://bmggranito.com.br/solucoes/]]>

Acompanhe as mudanças para MEI

MEI é a sigla para Micro Empreendedor Individual, a modalidade de empresas que mais cresce no Brasil. Isso mostra que o interesse nacional por empreendedorismo é significante.   O MEI é o tipo de registro mais escolhido porque transforma uma pessoa em uma empresa, em um CNPJ, com a maioria dos direitos que uma pessoa jurídica (PJ) tem, e com os deveres reduzidos.   Os cerca de 12 milhões de microempreendedores individuais terão que se adaptar às novas normas que foram aprovadas recentemente pelo Comitê Gestor do Simples Nacional.   MEI   A primeira mudança está em novas atividades retiradas da CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas), ou seja, profissões que devem se enquadrar agora em ME (Micro Empresa), confira:  

Atividades que deixam de ser MEI e devem se tornar ME

 
  • Abatedor de aves independente
  • Alinhador de pneus independente
  • Aplicador agrícola independente
  • Balanceador de pneus independente
  • Coletor de resíduos perigosos independente
  • Comerciante de extintores de incêndio independente
  • Comerciante de fogos de artifício independente
  • Comerciante de gás liquefeito de petróleo (GLP) independente
  • Comerciante de medicamentos veterinários independente
  • Comerciante de produtos farmacêuticos homeopáticos independente
  • Comerciante de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas
independente
  • Confeccionador de fraldas descartáveis independente
  • Coveiro independente
  • Dedetizador independente
  • Fabricante de absorventes higiênicos independente
  • Fabricante de águas naturais independente
  • Fabricante de desinfestantes independente
  • Fabricante de produtos de perfumaria e de higiene pessoal independente
  • Fabricante de produtos de limpeza independente
  • Fabricante de sabões e detergentes sintéticos independente
  • Operador de marketing direto independente
  • Pirotécnico independente
  • Produtor de pedras para construção não associada à extração independente
  • Removedor e exumador de cadáver independente
  • Restaurador de prédios históricos independente
  • Sepultador independente
  Essa longa lista significa menos trabalhadores que se enquadram no registro de microempreendedor individual. Existem estudiosos que acreditam que essa mudança se deve ao fato da arrecadação com o MEI ser a menor de todas, já que é a modalidade que paga as menores taxas de imposto.  

Nomeclatura oficial de empresas MEI

  No ano passado, muitas pessoas que tinham um MEI tiveram que adicionar a palavra “independente” na nomenclatura. Bom, esse ano houveram outras mudanças.   Agora, é preciso especificar ainda mais algumas atividades. Por exemplo, Proprietário independentes de bar e congêneres, vai se dividir em:  
  • Proprietário independentes de bar e congêneres, sem entretenimento
  • Proprietário independentes de bar e congêneres, com entretenimento
MEI   Assim como Comerciante independente de animais vivos e de artigos e alimentos para animais de estimação, devem mudar a nomenclatura para: Comerciante independente de animais e alimentos para animais de estimação (pet shop) – Não inclui a venda de medicamentos.  

Mudanças nos tributos para MEI

  A mudança que mais interfere no dia a dia do empresário é no valor da contribuição mensal, que é reflexo do aumento do salário mínimo. Os microempreendedores do setor de comércio ou indústria passaram a pagar R$49,90 ou R$50,40, o valor varia de acordo com a necessidade (ou não) de pagar a taxa de ICMS. Já na área de prestação de serviços, a taxa obrigatória passou para R$54,90, e para comércio e serviços ou indústria e serviços juntos, R$55,90.   A declaração anual de faturamento também sofreu alterações. Antes, você precisaria informar apenas a receita que vinha de atividades de comércio, mas, agora, o faturamento sobre prestação de serviços funciona da mesma maneira.  

MEI e o cadastro no e-Social

  A última mudança interfere com os MEI que têm funcionários. Todos os microempreendedores que são contratantes, devem fazer o cadastro no e-Social. Você pode escolher como prestar suas informações, através do e-Social Web Simplificado MEI, e-Social Módulo Geral Web Empresas ou e-Social Web Service. Para entender melhor sobre esse cadastro, consulte o portal ou o SEBRAE.   Pensando em facilitar o seu negócio, e ainda trazer mais segurança e tranquilidade nas suas transações financeiras, a Granito projetou uma maquininha perfeita para micro e pequenos negócios. Conheça a mPOS Granito e entenda os benefícios que ela traz para você!   Confira também: Sua empresa precisa de um Sistema de Gestão? ]]>

5 dicas para o seu MEI crescer

Se o seu MEI já chegou até aqui, você deve estar feliz com o que conquistou. Ter uma empresa não é fácil, e manter uma empresa pode ser desafiador. Principalmente para quem ainda está no começo, vão surgir diversas dúvidas a todos os dias. Qual preço colocar nos produtos? Como divulgar a empresa? Quantos funcionários contratar? Utilizar ou não utilizar um sistema de gestão?   Acreditamos no potencial da sua empresa, e queremos que ela cresça sempre da maneira mais eficiente e saudável possível. Por isso, separamos algumas dicas que vão ajudar a alavancar o seu negócio.   1- Trace objetivos e tenha um planejamento   Primeiro, você deve traçar um objetivo a curto, médio e longo prazo. Dessa maneira, você visualiza onde quer que sua empresa chegue, e a partir daí, consegue traçar o caminho.   Como você quer que sua empresa esteja daqui 2 anos? e 5? e 10? Quanto pretende estar vendendo e faturando? Quantos por cento quer aumentar o número de consumidores? Essas são perguntas que ajudam a criar um planejamento futuro para a sua vida como empreendedor.   Como fazer o seu MEI crescer   Mas lembre-se de manter os pés no chão. Não crie expectativas irreais e inalcançáveis para o seu negócio, isso só vai criar frustração. Se for preciso, pode até criar algumas metas semanais ou mensais, que são mais tangíveis e fáceis de atingir.   Talvez valha a pena demorar um pouco mais para chegar na reta final, mas fazendo todo o processo com maior segurança e planejamento.   2- Não misture sua vida pessoal e profissional   É um erro de amadores achar que o dinheiro em caixa pertence também ao dono da empresa, para fins pessoais. Isso não pode acontecer.   É preciso entender claramente como o seu pagamento funciona, e é ainda mais importante que você não tire dinheiro da empresa para uso pessoal.   Se houve uma emergência e você PRECISOU fazer uma retirada, registre-a como despesa, e já estabeleça um prazo para a devolução desse dinheiro. O que nos leva à próxima dica:   3- Organize o fluxo de caixa   O fluxo de caixa é, na verdade, tudo o que entra e sai em dinheiro ou bens na sua empresa. Todas as vendas de produtos e serviços, todas as compras de materiais e estoque, assim como gastos com funcionários, locação, energia, etc, constituem o seu fluxo de caixa.   Tenha uma planilha e registre tudo, e sempre nela. Se a planilha estiver sempre atualizada, você sempre saberá o real estado financeiro da empresa. É nela que você consegue ver com clareza onde gasta mais, o que e quando mais vende, e se o dinheiro está sobrando ou faltando.   4- Economize e não tenha gastos desnecessários   Parece óbvio não é? Mas você ficaria surpreso com quantas empresas gastam mais do que precisam.   Como fazer meu MEI crescer   Dê uma boa olhada nos seus custos fixos e variáveis. Todos eles são essenciais? Pense por todos os ângulos. Muitas vezes, ter um funcionário mais experiente, que custe mais, pode trazer melhores resultados que dois funcionários inexperientes. Pense bem, se você tem dois vendedores que juntos atingem a meta de um, uma saída pode ser substituí-los por outro vendedor que esteja mais apto para o trabalho.   A economia pode ser feita em todos os ângulos. Pode parecer pouco diminuir o consumo de água e energia na sua empresa, mas se você reduzir R$100 por mês, já são R$1.200 por ano!   Otimize seus planos de telefonia e internet. Procure por planos mais básicos, mas que ainda atendam às suas necessidades. Negocie na hora do reajuste do aluguel. Tenha um bom relacionamento com o locatário, e você pode conseguir um bom desconto.   5- Tenha total controle dos boletos e contas a pagar   Um bom controle dos pagamentos da empresa é a melhor forma de evitar juros e despesas que podem desequilibrar o seu caixa.   Planeje-se financeiramente para pagar as contas em dia, se for o caso, tenha uma pessoa responsável para organizar os boletos de acordo com as datas de vencimento.   Além de não gerar maiores despesas, estar em dia com os pagamentos deixa a sua empresa com crédito no mercado, em relação ao banco e a fornecedores, além de trazer uma boa imagem à sua empresa, o que pode abrir portas à melhores negociações.   6- Utilize tecnologia e soluções em meios de pagamento   Ser um aliado dos sistemas e tecnologias disponíveis é uma ótima forma de diminuir gastos e tempo, e ter uma melhor organização e visão do seu negócio.   Pesquise os softwares que podem acelerar os processos que você realiza na sua empresa.   A Granito tem soluções personalizadas que deixam o seu dia a dia mais prático e trazem mais segurança e controle nas operações.12   Confira nossas maquininhas com as melhores soluções, e descubra qual se adequa melhor à sua empresa.   Nossas inovações tecnológicas não param, são muitas as soluções que a Granito oferece para a sua empresa. Acesse www.granito.com.vc e confira mais informações 🙂]]>