5 dicas para o seu MEI crescer

Se o seu MEI já chegou até aqui, você deve estar feliz com o que conquistou. Ter uma empresa não é fácil, e manter uma empresa pode ser desafiador. Principalmente para quem ainda está no começo, vão surgir diversas dúvidas a todos os dias. Qual preço colocar nos produtos? Como divulgar a empresa? Quantos funcionários contratar? Utilizar ou não utilizar um sistema de gestão?   Acreditamos no potencial da sua empresa, e queremos que ela cresça sempre da maneira mais eficiente e saudável possível. Por isso, separamos algumas dicas que vão ajudar a alavancar o seu negócio.   1- Trace objetivos e tenha um planejamento   Primeiro, você deve traçar um objetivo a curto, médio e longo prazo. Dessa maneira, você visualiza onde quer que sua empresa chegue, e a partir daí, consegue traçar o caminho.   Como você quer que sua empresa esteja daqui 2 anos? e 5? e 10? Quanto pretende estar vendendo e faturando? Quantos por cento quer aumentar o número de consumidores? Essas são perguntas que ajudam a criar um planejamento futuro para a sua vida como empreendedor.   Como fazer o seu MEI crescer   Mas lembre-se de manter os pés no chão. Não crie expectativas irreais e inalcançáveis para o seu negócio, isso só vai criar frustração. Se for preciso, pode até criar algumas metas semanais ou mensais, que são mais tangíveis e fáceis de atingir.   Talvez valha a pena demorar um pouco mais para chegar na reta final, mas fazendo todo o processo com maior segurança e planejamento.   2- Não misture sua vida pessoal e profissional   É um erro de amadores achar que o dinheiro em caixa pertence também ao dono da empresa, para fins pessoais. Isso não pode acontecer.   É preciso entender claramente como o seu pagamento funciona, e é ainda mais importante que você não tire dinheiro da empresa para uso pessoal.   Se houve uma emergência e você PRECISOU fazer uma retirada, registre-a como despesa, e já estabeleça um prazo para a devolução desse dinheiro. O que nos leva à próxima dica:   3- Organize o fluxo de caixa   O fluxo de caixa é, na verdade, tudo o que entra e sai em dinheiro ou bens na sua empresa. Todas as vendas de produtos e serviços, todas as compras de materiais e estoque, assim como gastos com funcionários, locação, energia, etc, constituem o seu fluxo de caixa.   Tenha uma planilha e registre tudo, e sempre nela. Se a planilha estiver sempre atualizada, você sempre saberá o real estado financeiro da empresa. É nela que você consegue ver com clareza onde gasta mais, o que e quando mais vende, e se o dinheiro está sobrando ou faltando.   4- Economize e não tenha gastos desnecessários   Parece óbvio não é? Mas você ficaria surpreso com quantas empresas gastam mais do que precisam.   Como fazer meu MEI crescer   Dê uma boa olhada nos seus custos fixos e variáveis. Todos eles são essenciais? Pense por todos os ângulos. Muitas vezes, ter um funcionário mais experiente, que custe mais, pode trazer melhores resultados que dois funcionários inexperientes. Pense bem, se você tem dois vendedores que juntos atingem a meta de um, uma saída pode ser substituí-los por outro vendedor que esteja mais apto para o trabalho.   A economia pode ser feita em todos os ângulos. Pode parecer pouco diminuir o consumo de água e energia na sua empresa, mas se você reduzir R$100 por mês, já são R$1.200 por ano!   Otimize seus planos de telefonia e internet. Procure por planos mais básicos, mas que ainda atendam às suas necessidades. Negocie na hora do reajuste do aluguel. Tenha um bom relacionamento com o locatário, e você pode conseguir um bom desconto.   5- Tenha total controle dos boletos e contas a pagar   Um bom controle dos pagamentos da empresa é a melhor forma de evitar juros e despesas que podem desequilibrar o seu caixa.   Planeje-se financeiramente para pagar as contas em dia, se for o caso, tenha uma pessoa responsável para organizar os boletos de acordo com as datas de vencimento.   Além de não gerar maiores despesas, estar em dia com os pagamentos deixa a sua empresa com crédito no mercado, em relação ao banco e a fornecedores, além de trazer uma boa imagem à sua empresa, o que pode abrir portas à melhores negociações.   6- Utilize tecnologia e soluções em meios de pagamento   Ser um aliado dos sistemas e tecnologias disponíveis é uma ótima forma de diminuir gastos e tempo, e ter uma melhor organização e visão do seu negócio.   Pesquise os softwares que podem acelerar os processos que você realiza na sua empresa.   A Granito tem soluções personalizadas que deixam o seu dia a dia mais prático e trazem mais segurança e controle nas operações.12   Confira nossas maquininhas com as melhores soluções, e descubra qual se adequa melhor à sua empresa.   Nossas inovações tecnológicas não param, são muitas as soluções que a Granito oferece para a sua empresa. Acesse www.granito.com.vc e confira mais informações 🙂]]>