Lei do Salão Parceiro

Seu salão de beleza ainda não utiliza a Granito? Descubra agora o que você está perdendo!

Com a máquina BMG Granito, você acaba com a bitributação, dividindo o pagamento do serviço realizado  entre o estabelecimento e um número ilimitado de profissionais, outro benefícios é a integração nativa da BMG Granito com os maiores softwares de gestão do mercado de beleza. Aqui tudo é desenvolvido para reduzir custos e facilitar seu dia a dia.

Pagamentos por assinatura

Atualização do menu dos terminais S920 da sua máquina BMG Granito

O layout dos menus dos terminais S920 da sua máquina BMG Granito foram atualizados para a melhor comodidade dos nossos clientes. Todas as funcionalidades e soluções permanecem as mesmas: o que muda é apenas o layout dos menus, que passam de lista para ícones, deixando tudo muito mais simples para a sua conveniência.   Se você utiliza uma maquininha BMG Granito do modelo pax S920, leia o texto completo para entender melhor todas as mudanças e melhorias.   Confira agora o que mudou:   1- Na tela inicial da máquina, o que antes eram dois menus diferentes na parte inferior da tela – “Configurações” e “Opções” – agora está num menu único, chamado “Menu”.   2- A opção 1 do menu novo, “Configurações e Dados”, tem todos os itens da página 1 do antigo menu “Configurações”, com uma novidade – o item “bandeiras aceitas”, que mostra todas as bandeiras que o POS pode transacionar.   3- Os itens “Suporte” e “Conexão”, do menu “Configurações” antigo correspondem às opções 2 e 3 do menu novo, com os mesmos nomes.   4- Os itens “Multiusuário”, “Divisão de Vendas” e “Offline” do menu “Configurações” antigo foram agrupados na opção 6 do menu novo, “Produtos”.     5- O item “Configurações ADM” do menu “Configurações” antigo agora está na opção 1 do menu novo, “Configurações e dados”, com o nome de “Recuperação”.   6- Do menu “Opções” antigo, o item “Cancelamento” agora está na opção 5, chamada “Outras operações”. Nesta opção tem uma outra novidade, a “Venda digitada”.   7- Por fim, todos os outros itens de relatório do menu “Opções” antigo estão agora na opção 4, chamada “Relatórios”.   Ficou com alguma dúvida? Entre em contato gratuitamente ligando no 0800 940 3029, ou veja outras formas de entrar em contato com a nossa equipe clicando aqui.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]]]>

Abri meu negócio, e agora?

Abri uma empresa. E agora?

É muito comum que empresários tenham uma insegurança quando vão abrir suas empresas e começar a funcionar. Pensando nisso, a Granito separou várias dicas para o seu negócio começar com o pé direito.   O Brasil está retomando a confiança dos investidores e as expectativas do mercado voltaram a crescer, isso pode ser uma oportunidade para a sua empresa começar bem. Agora que a sua empresa está aberta, você provavelmente já passou pelo processo da Junta Comercial, já tem um CNPJ, registro e inscrição, assim como os alvarás necessários para funcionamento.  

Qual o próximo passo para a minha empresa?

  Agora é hora de colocar em prática todo o planejamento que foi feito. Qual o nicho em que a empresa vai atuar? Quem são os clientes? Quais os objetivos da empresa? Quem são os  concorrentes?   Todas essas perguntas devem ter respostas claras para o empreendedor. É em cima delas que as estratégias devem ser traçadas.   É importante gostar e entender do seu negócio. Se você faz o que gosta, tem mais disposição, e consequentemente, melhores chances de ter sucesso. Esse é o primeiro passo.   O segundo passo é estudar alguns conceitos básicos que você terá que lidar com muita frequência, como por exemplo, marketing e finanças. Se for o caso, é interessante terceirizar esses segmentos para quem é qualificado e tem mais experiência.   Conquistar o cliente é um dos passos essenciais, afinal, sem eles a empresa não consegue prosperar. Entenda os hábitos dos seus consumidores, converse com eles, faça pesquisas para poder atingi-los da maneira mais assertiva. Você precisa saber qual linguagem usar e em quais canais trabalhar.   Faça contatos com empresas e pessoas importantes. As parcerias podem te ajudar durante todo o caminho, inclusive nos momentos difíceis.  

Finanças com controle e automatização

Abri minha empresa, e agora?   O controle do financeiro é visto muitas vezes como um “bicho de sete cabeças”, mas não tem que ser assim. É umas das partes de maior relevância dentro de qualquer empresa, até porque o objetivo do seu negócio é, também, ter lucro.   O registro é essencial. Ponha no papel tudo que entra e sai da sua empresa. Quando falamos tudo, é tudo! Se entrou ou saiu dinheiro, mercadoria, funcionários ou máquinas, se teve desperdício, se conseguiram reduzir gastos ou se já tem previsto uma entrada de dinheiro futura, tudo isso deve ser controlado.   Essa é a chave do controle financeiro. Com o registro, sua empresa consegue mensurar dados como faturamento, custo fixo, custo total, margem de lucro e endividamento. Estamos em 2019, e para que a sua empresa cresça cada dia mais, a utilização da tecnologia disponível é indispensável. Sistemas de gestão, até mesmo os gratuitos, podem ajudar muitos negócios a ter uma logística funcional e simplificada, e, ao mesmo tempo, ter maior controle do que acontece no seu negócio.   Esses softwares são capazes de integrar diferentes áreas dentro da empresa, e já registram os movimentos de caixa.   E tem como ficar ainda mais fácil.   A Granito trabalha com uma tecnologia com conexão nativa da maquininha de cartão ao sistema, dessa forma, o controle dos pagamentos é automatizado, evitando erros e diminuindo o trabalho humano.   Conheça mais sobre nossas soluções e segmentos, e deixe a Granito ajudar a sua empresa a ter o melhor funcionamento, desde as fases iniciais 🙂]]>

Saiba tudo sobre o IOF

Você já deve ter ouvido falar sobre o IOF, o Imposto sobre Operações Financeiras. Muita gente acaba não entendendo como esse imposto funciona, e acredita que ele é cobrado de forma indevida muitas vezes.   O IOF nada mais é do que o imposto sobre as operações financeiras feitas no Brasil, que envolvem operações de crédito, câmbio, seguro, relativas a títulos e valores mobiliários e operações com ouro ou ativos financeiros.   Algumas instituições são isentas do IOF, como, por exemplo, os órgãos da administração da União, dos Estados e Distrito Federal e dos Municípios, assim como igrejas e templos de qualquer religião, partidos políticos e ONGs.   A confusão gerada em cima desse imposto é que ele não tem alíquota fixa, ou seja, para cada tipo de transação é cobrado um valor, que não depende de aprovação do Congresso Nacional para ser alterado.   O imposto é Federal e tem o objetivo de regulamentar e acompanhar as operações financeiras feitas no país, ou por um brasileiro fora do Brasil.   O intuito do Governo é usar o IOF para estimular ou desestimular o uso do crédito. Ou seja, se a arrecadação for baixa, eles sabem que os brasileiro fizeram poucas transações de crédito e câmbio, e podem diminuir a taxa para incentivar esse tipo de compra e venda. O mesmo vale para a situação inversa.   No entanto, muitos economistas acreditam que o brasileiro não tem conhecimento nem interesse suficiente para levar o IOF em consideração. Afirmam que com o imposto alto ou baixo, as compras e transações serão feitas da mesma forma.   Como aplicar o IOF  

Quais são as operações de crédito mais realizadas e como o IOF se aplica nelas?

  As operações de crédito são muito utilizadas no Brasil, mas o termo abrange diferentes transações. Vamos entender melhor:    
  • Cartão de crédito:

    Os cartões de crédito não são limitados a pessoas físicas, a maioria das empresas também o utilizam para pagamentos de contas fixas ou para a compra de mercadorias e matérias primas. Quando você faz compras dentro do Brasil e paga a sua fatura completa, você não paga o IOF, mesmo que a compra tenha sido parcelada. Existem duas situações em que o imposto será cobrado.   A primeira é quando a sua empresa não paga a fatura do cartão completa e entra no crédito rotativo. Nesse caso, será cobrado um imposto de 0,38% sobre o valor que não foi pago, além de uma taxa de 0,0082% por dia até que todo o valor seja pago. A junção dos impostos cobrados no crédito rotativo forma taxas que estão entre as mais altas do país.   O segundo caso é a compra no exterior. Mesmo que o pagamento seja feito aqui do Brasil, pela internet, na próxima fatura vai constar o IOF de 6,38%. Esse valor é o mesmo para compras no crédito feitas fora do país, por isso é sempre melhor evitar o uso do cartão no exterior.  
  • Cheque especial, empréstimos e financiamentos.

  Essas também são operações de crédito, pois envolvem adiar o pagamento de algo que precisa agora. São as situações mais usadas no ambiente empresarial.   A alíquota do IOF para essas três operações é a mesma. É cobrado um valor de 0,38% sobre o total, mais 0,0082% ao dia até a quitação.   No caso dos empréstimos e financiamentos, o imposto já é calculado no contrato.  

Qual alíquota do IOF incide sobre a minha operação?

  O cálculo do imposto não é difícil. Basta entender qual o tipo de transação está sendo feita, consultar a alíquota e adicionar o valor do imposto.   Para ajudar você, a Granito trouxe os dados em uma tabela:     Agora que você entendeu mais sobre o IOF, lembre-se de o calcular sempre que sua empresa for realizar alguma operação de crédito, câmbio, seguro etc. Ficou com alguma dúvida? Fale com a Granito 🙂 ]]>

5 dicas para o seu MEI crescer

Se o seu MEI já chegou até aqui, você deve estar feliz com o que conquistou. Ter uma empresa não é fácil, e manter uma empresa pode ser desafiador. Principalmente para quem ainda está no começo, vão surgir diversas dúvidas a todos os dias. Qual preço colocar nos produtos? Como divulgar a empresa? Quantos funcionários contratar? Utilizar ou não utilizar um sistema de gestão?   Acreditamos no potencial da sua empresa, e queremos que ela cresça sempre da maneira mais eficiente e saudável possível. Por isso, separamos algumas dicas que vão ajudar a alavancar o seu negócio.   1- Trace objetivos e tenha um planejamento   Primeiro, você deve traçar um objetivo a curto, médio e longo prazo. Dessa maneira, você visualiza onde quer que sua empresa chegue, e a partir daí, consegue traçar o caminho.   Como você quer que sua empresa esteja daqui 2 anos? e 5? e 10? Quanto pretende estar vendendo e faturando? Quantos por cento quer aumentar o número de consumidores? Essas são perguntas que ajudam a criar um planejamento futuro para a sua vida como empreendedor.   Como fazer o seu MEI crescer   Mas lembre-se de manter os pés no chão. Não crie expectativas irreais e inalcançáveis para o seu negócio, isso só vai criar frustração. Se for preciso, pode até criar algumas metas semanais ou mensais, que são mais tangíveis e fáceis de atingir.   Talvez valha a pena demorar um pouco mais para chegar na reta final, mas fazendo todo o processo com maior segurança e planejamento.   2- Não misture sua vida pessoal e profissional   É um erro de amadores achar que o dinheiro em caixa pertence também ao dono da empresa, para fins pessoais. Isso não pode acontecer.   É preciso entender claramente como o seu pagamento funciona, e é ainda mais importante que você não tire dinheiro da empresa para uso pessoal.   Se houve uma emergência e você PRECISOU fazer uma retirada, registre-a como despesa, e já estabeleça um prazo para a devolução desse dinheiro. O que nos leva à próxima dica:   3- Organize o fluxo de caixa   O fluxo de caixa é, na verdade, tudo o que entra e sai em dinheiro ou bens na sua empresa. Todas as vendas de produtos e serviços, todas as compras de materiais e estoque, assim como gastos com funcionários, locação, energia, etc, constituem o seu fluxo de caixa.   Tenha uma planilha e registre tudo, e sempre nela. Se a planilha estiver sempre atualizada, você sempre saberá o real estado financeiro da empresa. É nela que você consegue ver com clareza onde gasta mais, o que e quando mais vende, e se o dinheiro está sobrando ou faltando.   4- Economize e não tenha gastos desnecessários   Parece óbvio não é? Mas você ficaria surpreso com quantas empresas gastam mais do que precisam.   Como fazer meu MEI crescer   Dê uma boa olhada nos seus custos fixos e variáveis. Todos eles são essenciais? Pense por todos os ângulos. Muitas vezes, ter um funcionário mais experiente, que custe mais, pode trazer melhores resultados que dois funcionários inexperientes. Pense bem, se você tem dois vendedores que juntos atingem a meta de um, uma saída pode ser substituí-los por outro vendedor que esteja mais apto para o trabalho.   A economia pode ser feita em todos os ângulos. Pode parecer pouco diminuir o consumo de água e energia na sua empresa, mas se você reduzir R$100 por mês, já são R$1.200 por ano!   Otimize seus planos de telefonia e internet. Procure por planos mais básicos, mas que ainda atendam às suas necessidades. Negocie na hora do reajuste do aluguel. Tenha um bom relacionamento com o locatário, e você pode conseguir um bom desconto.   5- Tenha total controle dos boletos e contas a pagar   Um bom controle dos pagamentos da empresa é a melhor forma de evitar juros e despesas que podem desequilibrar o seu caixa.   Planeje-se financeiramente para pagar as contas em dia, se for o caso, tenha uma pessoa responsável para organizar os boletos de acordo com as datas de vencimento.   Além de não gerar maiores despesas, estar em dia com os pagamentos deixa a sua empresa com crédito no mercado, em relação ao banco e a fornecedores, além de trazer uma boa imagem à sua empresa, o que pode abrir portas à melhores negociações.   6- Utilize tecnologia e soluções em meios de pagamento   Ser um aliado dos sistemas e tecnologias disponíveis é uma ótima forma de diminuir gastos e tempo, e ter uma melhor organização e visão do seu negócio.   Pesquise os softwares que podem acelerar os processos que você realiza na sua empresa.   A Granito tem soluções personalizadas que deixam o seu dia a dia mais prático e trazem mais segurança e controle nas operações.12   Confira nossas maquininhas com as melhores soluções, e descubra qual se adequa melhor à sua empresa.   Nossas inovações tecnológicas não param, são muitas as soluções que a Granito oferece para a sua empresa. Acesse www.granito.com.vc e confira mais informações 🙂]]>

Feriados: como aumentar a produtividade da sua empresa para lucrar mais?

Quando falamos em feriados, muitos empresários e empreendedores acabam não ficando otimistas. Diminuição no movimento, nas vendas, na procura… normalmente os feriados geram prejuízos altíssimos para diversos segmentos de empresas.   O ano de 2019 terá 16 feriados nacionais. Embora muitos empresários vejam esses dias de folga como preocupação, eles podem ser uma oportunidade de alavancar as vendas da sua empresa.   É tudo questão de planejamento, e no final das contas, só você sabe o que é melhor para o seu negócio, não tem receita certa. Mas a Granito tem algumas dicas para você!  

Como aumentar o faturamento nos feriados?

Primeiro é preciso calcular as horas extras obrigatórias para os funcionários que trabalharem nos feriados e tentar anteceder o movimento de consumidores na sua empresa.   Se o fluxo não for gerar mais faturamento do que gastos, pode ser desnecessário e desvantajoso.   Quem fica mais indeciso normalmente são os empresários do varejo. Sempre ficam presos no medo de fechar a loja no dia em que as pessoas têm mais tempo e disposição de ir às compras.   Eles podem até ser o mais prejudicados, mas são também os que mais têm oportunidade.   Os feriados de datas comemorativas são uma excelente saída da possível ruptura no faturamento. Elas podem ser um impulsionamento nas vendas, mas tudo deve ser feito com planejamento.   Com criatividade, sua empresa pode lançar promoções ou criar ações pontuais perfeitas para garantir o seu sucesso. Você pode usar de qualquer ferramenta que imaginar, trabalhe com preços atrativos, vendas adicionais, decorações, vitrines temáticas, etc.   Planejamento de marketing pronto, hora de programar as vendas.  

4 dicas para sua empresa lucrar com feriados

 
  • Você deve se antecipar. Tenha uma margem de projeção de vendas, e negocie com os fornecedores, com antecedência. Assim, você pode conseguir descontos ou condições de pagamento melhores.
  • Cuidar do estoque. Você precisa conhecer bem os seus consumidores e o que eles querem. Depois disso, é estocar os produtos e esperar que eles cheguem.
  • Preparar os trabalhadores. As datas comemorativas que geram muito movimento na loja, como natal, dia dos namorados, Black Friday, entre outras, exigem treinamento extra para a sua equipe. Eles devem estar aptos a atender com qualidade e lidar com os problemas que podem surgir.
  • Ter certeza de que as pessoas sabem da sua promoção. Seu objetivo deve ser chamar de volta os consumidores já existentes e atrair novos. Não adianta ter uma promoção ou ação imperdível, se as pessoas não ficarem sabendo. Comunicação é tudo!
 

Datas comemorativas no Brasil

  Algumas das datas comemorativas com grande demanda são: dia das mães, natal, dia dos namorados, dia dos pais, páscoa, dia das crianças, Black Friday, dependendo da área de atuação, Halloween, e muito mais!   varejo 2019   Fique sempre atento ao calendário para se programar antecipadamente. Confira agora os principais feriados do ano de 2019 para não deixar nada pra última hora: Aumentar lucros Feriados em 2019:  
  • 1º de janeiro: Confraternização Universal (feriado nacional)
  • 04 de março: Carnaval (ponto facultativo)
  • 05 de março: Carnaval (ponto facultativo)
  • 06 de março: quarta-feira de cinzas (ponto facultativo até as 14 horas)
  • 19 de abril: Paixão de Cristo (feriado nacional)
  • 21 de abril: Tiradentes (feriado nacional)
  • 1º de maio: Dia Mundial do Trabalho (feriado nacional)
  • 20 de junho: Corpus Christi (ponto facultativo)
  • 7 de setembro: Independência do Brasil (feriado nacional)
  • 12 de outubro: Nossa Senhora Aparecida (feriado nacional)
  • 28 de outubro: Dia do Servidor Público (ponto facultativo)
  • 2 de novembro: Finados (feriado nacional)
  • 15 de novembro: Proclamação da República (feriado nacional)
  • 24 de dezembro, véspera de Natal (ponto facultativo após as 14 horas)
  • 25 de dezembro: Natal (feriado nacional) e
  • 31 de dezembro, véspera de ano novo (ponto facultativo após as 14 horas)
  A Granito quer estar com você em todas as ocasiões. Confira o que podemos fazer pelo seu negócio! ]]>